Colóquios e Jornadas

I Colóquio Científico Internacional da Rede Mussi – 2008
(Rio de Janeiro, Brasil)

O I Colóquio Científico Internacional- Mediações e Usos de Saberes e Informação: um diálogo França-Brasil , foi realizado no Rio de Janeiro, em 4, 5, 6 e 7 de novembro de 2008, promovido em parceria com o Icit/Fiocruz e o Ibict/MCTI, sendo a primeira atividade de porte conduzida pela Rede MUSSI para fomentar e consolidar tanto o debate, quanto as empatias e alianças temáticas, epistemológicas, teóricas e metodológicas entre os grupos de pesquisa brasileiros e franceses no campo de estudos das ciências da informação e pesquisadores de áreas conexas.

O I Colóquio Científico Internacional- Mediações e Usos de Saberes e Informação: um diálogo França-Brasil , foi realizado no Rio de Janeiro, em 4, 5, 6 e 7 de novembro de 2008, promovido em parceria com o Icit/Fiocruz e o Ibict/MCTI, sendo a primeira atividade de porte conduzida pela Rede MUSSI para fomentar e consolidar tanto o debate, quanto as empatias e alianças temáticas, epistemológicas, teóricas e metodológicas entre os grupos de pesquisa brasileiros e franceses no campo de estudos das ciências da informação e pesquisadores de áreas conexas.

O evento foi formatado de maneira a contemplar a apresentação e a discussão das pesquisas, tanto quanto as políticas para a área de estudos da informação, com ênfase nos aspectos da formação e da pesquisa nos programas de pós-graduação e o modo de organização e interrogação epistemológica e temática nos grupos e laboratórios de pesquisa franceses e brasileiros.

​O tema geral escolhido – as mediações, usos e apropriações de saberes e informação – constitui uma linha de estudos núcleo na Ciência da Informação na França e no Brasil. Ela permite interrogar a função histórica, epistemológica e institucional desse domínio de estudos, particularmente no que concerne à produção, organização e acesso aos conhecimentos que são produzidos e circulam socialmente em diferentes contextos organizacionais, civis e comunitários.

​Por ocasião desse Colóquio foi também discutida a organização de atividades futuras, em reuniões específicas com os membros da Rede.

I Jornada Científica Internacional da Rede Mussi – 2010
(Avignon, França)

A I Jornada Científica Internacional Mediações Documentárias: entre realidades e imaginários foi realizada na Université d´Avignon et des Pays de Vaucluse, em 15 de março de 2010, sob a responsabilidade do Grupo de Pesquisa Mics-Lerass da Université de Toulouse III. A temática geral foi subdividida em dois eixos de reflexão: a) a informação e os seus discursos; b) a hibridação das práticas.

A tripla acepção da noção de informação – dado, notícia e conhecimento fornece um primeiro quadro analítico permitindo organizar os seus discursos. Uma outra abordagem leva a perceber mais precisamente os discursos da informação (considerada como significante) e os discursos sobre a informação (apreendida como significado). Trata-se de interrogar a dimensão real e a dimensão imaginária veiculadas pelos discursos “da” e “sobre” a informação, em diferentes contextos, visando colocar em perspectiva a história do conceito e o seu uso.

Trata-se ainda, no contexto de uma “cultura informacional”, de construir redes e espaços híbridos entre os pólos  da pesquisa e da profissão: de que forma os dispositivos infocomunicacionais nos quais se constroem as mediações (portais, sítios web, bases de dados, centros de documentação, bibliotecas, museus… ) conduzem à hibridação das práticas? De que forma interrogam o mundo da pesquisa? E o que apresentam ao mundo profissional? Tratou-se, nessa abordagem, de interrogar os modos de ser de cada um desses mundos e de analisar as partes de realidade e de imaginário que os constituem.

II Colóquio Científico Internacional da Rede Mussi – 2011
(Toulouse, França)

O II Colóquio Científico Internacional da Rede Mussi Mediações e Hibridações: construção social dos saberes e da informação foi realizado em Toulouse, em 15, 16 e 17 de junho de 2010, organizado pela Equipe MICS/LERASS da Université Toulouse III. A delimitação da temática abordou dois aspectos: a) a exploração da maneira como se constroem formas de mediações e hibridações por meio de dispositivos infocomunicacionais; os discursos e as ferramentas que configuram os saberes e a informação; b) a apreensão dos papeis desempenhados pelos atores (pesquisadores, profissionais da informação…) e os suportes (impresso, digital…texto, imagem, som…) nas trocas informacionais contemporâneas, sem negligenciar as abordagens mais históricas que contribuem na compreensão das situações atuais.

O Colóquio integrou as seguintes dimensões de tratamento da temática geral: uma parte dedicada ao enquadramento epistemológico e institucional; outra dedicada às pesquisas empíricas em desenvolvimento; uma terceira parte relativa a proposições e reflexões visando enriquecer e ampliar o debate sobre os conceitos e noções ligadas à temática.

​Fez parte ainda da programação do Colóquio uma sessão de homenagem à memória de Jean Meyriat, estudioso e precursor das Ciências da Informação e da Comunicação na França.

II Jornada Científica Internacional da Rede Mussi – 2012
(Rio de Janeiro, Brasil)

A II Jornada Científica Internacional Redes e processos infocomunicacionais: mediações, memórias e apropriações foi realizada nos dias 24, 25 e 26 de outubro de 2012, organizada pelo Ibict/UFRJ, Icict/Fiocruz e Unirio.

​A temática dividiu-se em três sub-eixos, desenvolvidos em conferência, mesas-redondas e sessões de comunicação: a) redes, mediações e apropriação de saberes; b) redes, comunicação e fluxos de informação; c) redes, documentos e memórias. Além desses, contemplou ainda debates sobre a pesquisa em Ciência da Informação e as perspectivas da Rede Mussi, em mesa-redonda composta por representantes das áreas de Ciência da Informação no Brasil e na França, com desdobramento em uma reunião dos membros da Rede para a apresentação e debate de documentos produzidos por pesquisadores e alunos de pós-graduação sobre os projetos e parcerias.

​Nessa edição da Jornada, a escolha do termo redes como conceito aglutinador daqueles eleitos para compor o foco de estudos da Rede Mussi apoiou-se no pressuposto da relevância de se considerar nos estudos, tanto o movimento dos fluxos globalizados, quanto o caráter de permanência, arquivamento e poder das informações. A aproximação dos fenômenos infocomunicacionais pelo referente das redes conduz a levar em conta os espaços sociais concretos ou virtuais como cultura, ou seja, territórios onde se desenvolvem negociações, conflitos e interações produtores de novos sentidos e saberes. O termo redes sugere ainda a adoção de uma observação relacional das interações e práticas sociais, o que requer a conversão dos instrumentos epistemológicos, metodológicos, técnicos e práticos do pesquisador, além de uma atitude reflexiva sobre a sua própria atuação em redes da ciência.

III Colóquio Científico Internacional da Rede Mussi – 2014
(Salvador, Brasil)

O III Colóquio Internacional da Rede MUSSI, com o tema “As transformações do documento no espaço – tempo do conhecimento”, ocorreu na Universidade Federal da Bahia, entre 10 e 12 de novembro de 2014. O evento foi acolhido pelo Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação, do Instituto de Ciência da Informação da Universidade Federal da Bahia e visou o intercâmbio acadêmico e cultural dos seus participantes, reforçando o desenvolvimento da Rede e de suas temáticas.

Além de propor a discussão sobre documento, mediação, uso da informação e dos saberes, o Colóquio abordou sob diferentes visões disciplinares, os discursos sobre a cultura e o conhecimento no mundo atual.  Os debates configuraram-se como um espaço de diálogo no qual as questões científicas e práticas atravessam o campo temático da Rede MUSSI, ao discutir e divulgar as pesquisas com vistas a identificar as possíveis colaborações entre grupos, instituições, pesquisadores e estudantes.

III Jornada Científica Internacional da Rede Mussi – 2016
(Toulouse, França)

A III Jornada Científica Internacional A mediação dos saberes: Ciência da Informação- Documentação e Memórias foi realizada nos dias 21 e 22 de março de 2016, organizada pela Ecole Nationale de Formation Agronomique-ENFA.

 A temática dividiu-se em dois sub-eixos, desenvolvidos em conferências, mesas-redondas e sessões de comunicação: a) Espaços e modos de mediação de saberes e sua evolução; b) Memórias e temporalidades na atividade científica e na atividade social.

A Jornada abordou a mediação dos saberes tal qual ela se constrói na Informação-documentação e por meio das memórias. A Informação-documentação faz parte, na França, das Ciências da Informação e da Comunicação (SIC). Ela compartilha questões com as Ciências da Educação sobre a mediação de saberes, associando-as aos lugares de cultura e de memória como os arquivos, as bibliotecas e os museus.

IV Colóquio Científico Internacional da Rede Mussi – 2018
(Lille, França)

O tema do colóquio de 2018 foi a Mediação do conhecimento: Ciência da Informação – Documentação e memórias.

​O Colóquio MUSSI 2018, quarto simpósio internacional da rede, foi realizado na Universidade de Lille SHS (França). O evento discutiu o lugar da memória na construção das linguagens documentárias. O encontro teve como objetivo explorar abordagens contemporâneas para a memória em relação à mediação do conhecimento.

Foram abordados os construtos documentários e seus traços memoriais, destacando: a) as mutações de lugares do conhecimento na organização e mediação do conhecimento; b) as novas práticas de memorização e formas documentais para fins memoriais; c) o uso de tecnologias no processo de mediação do conhecimento.

IV JORNADA CIENTÍFICA INTERNACIONAL DA REDE MUSSI – 2019
(BELO HORIZONTE, BRASIL)

O tema da 4a. Jornada Científica Internacional foi  “Mediações da informação, democracia e saberes plurais”.

Organizada pelo Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), representou uma nova oportunidade para a produção de debates em torno de uma temática urgente no cenário informacional de nossos países, de nossas sociedades – as mediações sociais, culturais, técnicas e simbólicas e a pluralidade de saberes nos processos de reconstrução da democracia.

Foram abordados os seguintes sub-temas: Informação, comunidades, redes e saberes plurais nos espaços culturais: bibliotecas, museus e arquivos; Patrimônios materiais e imateriais: mediação informacional e saberes plurais; Mediações de saberes e informação: lugares, políticas, memórias e formas de resistência; Mediação da informação em contextos digitais: aspectos políticos e democratização dos saberes.

Le travail de description des processus d'information nécessite d'étudier un complexe d'objets qui redistribue en permanence du social, du symbolique et du technique. À ce stade, la médiation travaille contre l'illusion de la transparence."

Yves Jeanneret (2008)
La relation entre médiation et usage dans les recherches en information-communication